Ah, os bullet journals. Aquelas agendas de pessoas super criativas, com desenhos maravilhosos, adesivos fofinhos, muitas cores, caligrafia… É tão lindo, né?! O problema é que muita gente ainda não entendeu que a beleza não é o espírito da coisa.

 

 

Quando posto sobre bullet journal (aqui ou no instagram), sempre recebo comentários do tipo “Eu comecei, mas não estava ficando do jeito que eu esperava, então deixei pra lá”, ou eu até queria fazer, mas não sei desenhar e não sou criativa, então nem invento”. É real: o pinterest nos dá uma visão linda dos bujos, porém um pouquinho distorcida. Ter um bujo super descolado e lindo é bem legal, mas não dá pra perder o sentido: o bullet journal precisa ser útil.

 

 

o bullet journal mais lindo do mundo

 

Eu sei, eu sei. Eu mesma já postei fotos de vários bujos decorados, já dei dicas de onde comprar coisas pra montar o seu e vivo postando fotos do meu, mas ainda assim eu não deixo de dizer sempre que: o que realmente importa é ser funcional. A primeira dica que sempre dão quando você pesquisa por bullet journal é a mesma, visitar o site original, pra entender o sistema, que é basicamente listar suas tarefas e ir marcando a medida que for cumprindo.

 

o bullet journal mais lindo do mundo

 

O bullet journal mais lindo do mundo não é o mais colorido, nem o que tem desenhos mais incríveis, é aquele em que as tarefas estão todas ticadas, tudo completo, tudo resolvido. Os desenhos, adesivos e cores são incríveis, mas a gente precisa lembrar que dá pra fazer um bujo sem eles, e tá tudo bem!

 

o bullet journal mais lindo do mundo

 

Você não precisa desistir se (assim como eu) não sabe desenhar, ou se não é muito criativo. Tudo que você precisa é sim um caderno e uma caneta. Se quiser incrementar um pouquinho, vale sim olhar no Pinterest e comprar umas coisinhas, mas sem pirar com isso, sabe? Foque no que realmente importa.

 

 

Espero que esse post possa ajudar quem sempre quis fazer um bujo, e não sabe muito bem por onde começar ou como fazer. Aqui no blog tem mais posts sobre o assunto, e a Maqui tem uma série incrível com tudo bem explicadinho. Enjoy!

Esse ano eu finalmente dei uma chance para o Bullet Journal, e definitivamente foi uma das melhores coisas que eu já fiz. Ter tudo em um lugar só, poder ser criativa e desleixada, aprender coisas novas… É uma experiência que recomendo pra qualquer pessoa que goste de coisas de papelaria e de organização. Hoje vim falar um pouco de tudo que aprendi com o meu bujo em 2017, mas as fotos são do de 2018.

 

bullet journal
(mais…)

Fim de ano sempre significou hora de começar a olhar a próxima agenda, e agora, o próximo Bullet Journal. Por mais que o Bujo possa ser começado em qualquer época do ano, eu comecei o meu em janeiro e ele está acabando agora, então deu certinho! No post de hoje, vim mostrar várias lojas legais pra você comprar as coisas e começar logo o seu.

 

 

O Bullet Journal é na real bem simples, como eu já expliquei mais aqui e a Maqui está explicando nessa série foda: você só precisa de um caderno e uma caneta. Mas fica ainda melhor quando a gente enche de detalhes fofos né? Então segura o cartão de crédito e vem comigo!

 

(mais…)